" Cada pessoa se alimenta do que lê, do que escuta, do que vê, de tudo que recebe do mundo e incorpora a si, assim como absorve um perfume. E se torna um pouco daquilo que fala, que ouve e toca. Se suas idéias e pensamentos são partes construtivas do seu ser, cada um doa seus conteúdos ao mundo ao expressá-los através de suas palavras e gestos ".

I Ching --- Livro : Medicina Integrativa - A cura pelo equilíbrio - Paulo de Tarso Lima.



domingo, 28 de fevereiro de 2010

Tristis in hilaritate, hilaris in tristitia

Outro dia fui abordada de forma grosseira.
Na mesma hora pensei: essa pessoa só pode ter o teto de vidro. E logo tive a resposta. Realmente ela não tinha. Se fosse no passado eu teria respondido na mesma velocidade da incompreensão e da raiva. Mas, o silencio e a consciência, de mãos dadas, levaram-me a um gramado lindo, verde, que exalava o cheiro da liberdade e a lua delicadamente tomava o lugar do sol.

Eu teria todos os argumentos para desmentir as insinuações, mas lembrei que a esperança deu lugar a decepção. E qualquer palavra que eu dissesse não teria valia nenhuma.
O silencio tem o poder de curar as piores mazelas da alma, principalmente a frustração, explica mais do que um fluxo de palavras...E mesmo com a razão retribuir uma ofensa é burrice.

3 comentários:

regis disse...

"Somos bons por essência...
Bjs
Regis

Monica Loureiro disse...

Texto lindo, adorei !
Vim indicada por Faby, do RAINHAS DO LAR....

Anderson disse...

Olá Izabella:

Escreve o Anderson, do Ilha de Concreto, ainda embaraçado de, no recente evento com o Lula em São Paulo, não ter lhe falado. Quanto ao texto, importante e sempre válida reflexão.

Besos, saúde e muita sorte