" Cada pessoa se alimenta do que lê, do que escuta, do que vê, de tudo que recebe do mundo e incorpora a si, assim como absorve um perfume. E se torna um pouco daquilo que fala, que ouve e toca. Se suas idéias e pensamentos são partes construtivas do seu ser, cada um doa seus conteúdos ao mundo ao expressá-los através de suas palavras e gestos ".

I Ching --- Livro : Medicina Integrativa - A cura pelo equilíbrio - Paulo de Tarso Lima.



sábado, 30 de janeiro de 2010

Expedição Haiti


Depois que o mundo começou a receber as imagens do miserável país destruído por uma força que emergiu do centro da terra, como um castigo para aqueles que pisavam sobre ela, eu e meu grupo de amigas discutíamos as possíveis razões para uma ilha ter dois mundos. Depois de estudar um pouco e relembrar as razões políticas pensávamos em circunstancias menos diplomáticas... A amiga Vanessa Cochi, do Bandnews TV, me falou sobre uma jornalista que havia escrito um livro sobre os militares no Haiti, Damaris Giuliana. Bingo. Eu tinha uma nova personagem para a pauta que dominava os noticiários.

Uma mulher admirável.
Enquanto estudante de jornalismo procurava uma pauta para o jornal da faculdade. Se encantou pelo treinamento que a 2 ª tropa brasileira recebera no litoral paulista. A partir daí, com a teimosia que uma boa jornalista sempre preserva, ficou na “bota” de generais e assessores para aceita-la na viagem seguinte. Quase um ano depois e inúmeras respostas negativas ela conseguiu. Não só a matéria para a faculdade, mas a idéia fixa de um livro também.
Depois de conhecer esta mulher pensei: “isso sim é uma jornalista”. Determinada e muito inteligente hoje ela trabalha no Estadão e escreve no caderno Metrópole.
Vale a leitura do livro. Entender o que nossos homens fizeram e como eram tratados. Vale guardar o nome Damaris Giuliana.


video

Imagens : André Alexandre

Edição : Cesar Schaeffer

Um comentário:

Mr. Lemos disse...

Mundo minúsculo! Eu conheço a Damaris. Não lembro exatamente como, mas nos conhecemos na época em que ela escrevia o livro. Boa garota, sem dúvidas...